7 mudanças alimentares para fazer ao longo de 7 dias e “esvaziar a pochete”

Thumb 7 mudanças alimentares para fazer ao longo de 7 dias e “esvaziar a pochete”

7 mudanças alimentares para fazer ao longo de 7 dias e “esvaziar a pochete”

Muitas mulheres estão satisfeitas com suas formas físicas no geral, mas se incomodam com o excesso de gordura acumulado na barriga, que forma a famosa e temida “pochete”. Ainda que seja impossível emagrecer somente uma parte específica do corpo, dá para adotar medidas temporárias para secar essa barriguinha extra e reduzir a sensação de inchaço. E o melhor: de maneira express.

A maioria das pessoas acredita que o remédio para a gordura localizada na barriga são abdominais. Na realidade, o exercício não queima muitas calorias e tem a principal função de enrijecer a musculatura trabalhada, portanto, não serve para atacar o problema. O que realmente faz diferença nesse caso são mudanças alimentares.

O plano a seguir tem 5 objetivos principais:

Publicidade
  1. Eliminar toxinas do corpo, que causam inchaço e impedem o funcionamento pleno e correto do organismo
  2. Combater a retenção de líquido, eliminando o inchaço (que muitas vezes é responsável pela saliência na barriga)
  3. Promover o bom funcionamento intestinal
  4. Acelerar a queima de gorduras geral do corpo (incluindo a abdominal)
  5. Reduzir a inflamação abdominal

Não se trata de uma dieta para longo prazo – que só pode ser indicada individualmente e por um profissional de saúde qualificado, como o nutricionista –, mas sim um plano emergencial para atacar o inchaço momentâneo e fazer uma faxina no organismo.

Adote esses 7 hábitos durante uma semana, incorporando um novo a cada dia, e ganhe uma barriga mais lisinha e um organismo mais saudável:

  • Fibras + água: inclua alimentos fibrosos na dieta, como folhas verdes, brócolis, grão-de-bico, feijão, maçã (com casca), mamão, melancia, etc., além de 2 colheres (sopa) de semente de linhaça ao longo do dia. Não deixe de beber 2 litros de água, para que as fibras não ressequem.
  • Elimine toxinas da alimentação: é difícil, mas dura pouco. Elimine cafeína (café, chocolate, chá, etc.) da alimentação, bem como açúcar branco, alimentos ultraprocessados e conservantes. Procure comer só alimentos naturais e reduza ao máximo o sal dos pratos.
  • Corte a lactose: se você não tem intolerância ou alergia, não deve adotar este hábito para sempre, apenas durante o detox. A lactose tem difícil digestão, aumenta a produção de gases e causa desconforto e inchaço. Procure alternativas como leite vegetal e mussarela de búfala.
  • Corte o glúten: o corpo tem dificuldade de quebrar o glúten e, por isso, ele causa uma leve inflamação no intestino, além de causar prisão de ventre. Porém, como no caso da lactose, se você não tiver doença celíaca, não deve abrir mão desta proteína para sempre.
  • Inclua termogênicos onde conseguir: dê uma forcinha ao seu metabolismo adicionando gengibre e canela às preparações doces e pimentas às preparações salgadas. Eles aceleram a queima de gordura e garantem mais sabor aos pratos.
  • Corte a carne vermelha: a proteína animal é mais difícil de ser digerida do que a vegetal, mas a carne vermelha é especialmente trabalhosa para nosso sistema digestivo. Inclua apenas carnes brancas leves na dieta, como peixes e frango.
  • Tome chá verde: você já deve estar bem mais desinchada neste sétimo dia. Para expulsar o resto das toxinas do corpo e o excesso de líquidos, prepare uma garrafa de 1,5 l de chá verde (feito naturalmente a partir da erva) e beba ao longo do dia.

 

 

 

Fonte: VIX

Publicidade

 

 

Envie um comentário :

Outros Posts da A Natureza é Bela:

  • Como fazer sabão caseiro

    Thumb Como fazer sabão caseiro

    A receita de sabão caseiro descrita a seguir é de alta qualidade e criada a partir de uma fórmula mais amigável ao meio ambiente, pois reutiliza óleo residual de cozinha. Você já deve saber que o óleo de cozinha usado não pode ser despejado na pia (causa entupimento) e nem descartado de forma incorreta. É bem provável que alguém já tenha te […]

  • Os 10 Benefícios do Cuscuz Para Saúde

    Thumb Os 10 Benefícios do Cuscuz Para Saúde

    Os Benefícios do Cuscuz são diversos, pois ele possui uma grande quantidades de nutrientes essenciais para saúde geral do corpo. Além disso, O Cuscuz é mais do que apenas “o alimento agradável “. O cuscuz também tem uma grande variedade de benefícios para a saúde, incluindo a capacidade de prevenir certos tipos de câncer, aumentar a saúde do coração, prevenir infecções bacterianas […]

  • Erva-Mate: inimiga das enxaquecas

    Thumb Erva-Mate: inimiga das enxaquecas

    A erva-mate é recomendada pelos profissionais da medicina alternativa para tratamentos das dores fortes de cabeça, tais como as enxaquecas. A erva-mate que tem sua origem na América do Sul, também conhecida como o chá dos jesuítas. É rica em compostos alcaloides muito parecidos com a cafeína, pois apresentam os mesmos efeitos estimulantes. Mas, devido a sua composição química, seus […]

  • Os 20 Benefícios da Mandioca Para Saúde

    Thumb Os 20 Benefícios da Mandioca Para Saúde

    Os Benefícios da Mandioca Para Saúde são variados, pois, a Mandioca possui uma grande quantidade de nutrientes que são essenciais para saúde geral do corpo. Além disso, Mandioca, aipi, aipim, castelinha, uaipi, macaxeira, Mandioca -doce, Mandioca -mansa, maniva, maniveira, pão-de-pobre, Mandioca -brava e Mandioca -amarga são termos brasileiros para designar a espécie Manihot esculenta (sinônimo M. utilíssima).a Mandioca é uma espécie de planta tuberosa da família das Euphorbiaceae. O nome dado […]

  • 12 benefícios do vinagre de maçã

    Thumb 12 benefícios do vinagre de maçã

    As qualidades do vinagre vão além do uso na cozinha. O líquido, que é feito a partir da fermentação alcoólica de um carboidrato seguida da fermentação secundária por ácido acético, também é conhecido pelas suas qualidades medicinais há milhares de anos. O estudioso grego Hipócrates, que nasceu em 460 a.C., já exaltava as qualidades da substância em seus escritos. […]