Óleo de coco faz bem ou mal para a saúde? Cardiologista fala sobre ponto preocupante

Thumb Óleo de coco faz bem ou mal para a saúde? Cardiologista fala sobre ponto preocupante

Óleo de coco faz bem ou mal para a saúde? Cardiologista fala sobre ponto preocupante

Se você sempre procura diferentes alternativas para garantir uma alimentação saudável certamente já se deparou com receitas e até mesmo dietas baseadas no óleo de coco. De origem vegetal, o alimento seria supostamente a melhor opção para o preparo de pratos. No entanto, segundo a médica cardiologista Elizabeth Klodas, não é tão simples dizer se o óleo de coco faz bem ou mal para a saúde.

Em um artigo publicado pelo site “WebMD”, a especialista afirma que o óleo de coco, em altas temperaturas, se comporta melhor que o azeite e que é mais eficaz no aumento do bom colesterol do que a maioria das outras gorduras naturais. Mas existe um fator preocupante relacionado ao alimento.

Ao contrário das demais gorduras vegetais, o óleo de coco é uma gordura saturada, tanto é que se solidifica em temperatura ambiente. O alimento, aliás, é composto de cerca de 90% de gordura saturada, que é uma percentagem mais elevada do que a manteiga (cerca de 64% de gordura saturada), gordura de carne de bovina (40%), ou mesmo de banha (também 40%).

O fato preocupa porque já se sabe que as gorduras saturadas tendem a aumentar o colesterol ruim e elevar as taxas de inflamações no sangue, no caso de gorduras animais. A fonte vegetal, apesar de não aumentar as inflamações, ainda precisa de moderação.

Resumindo, a médica explica que, de todas as opções de gordura saturada, o óleo de coco é a melhor. Mas você pode ter ainda mais benefícios se apostar em um punhado de nozes ou usando sementes de linhaça ou azeite na sua salada, especialmente se está tentando manter o mau colesterol baixo.

Para ficar sempre linda: 20 formas diferentes de usar o óleo de coco

Fonte:

Dicas

Envie um comentário :

Outros Posts da A Natureza é Bela: