Suco de beterraba para cuidar do seu cérebro

Thumb Suco de beterraba para cuidar do seu cérebro

Suco de beterraba para cuidar do seu cérebro

A beterraba tem um sabor intenso de terra fresca, e é incrível como nos cai bem e como podemos combiná-la em inúmeras receitas saudáveis e sucos naturais deliciosos.

Agora, há algo de que, sem dúvidas, todo bom amante da beterraba vai gostar.

Segundo diversos estudos nos explicam, basta beber um copo diário de seu suco para melhorar a circulação de sangue para o cérebro.

Algo tão simples poderia nos ajudar a reduzir em um percentual muito interessante a incidência de demências ou outras doenças neurodegenerativas.

uir.A beterraba tem sua origem remota nas costas da África. Mais tarde, e com o nascimento do comércio, não demorou muito em se espalhar pela Ásia e pela Europa.

Cabe dizer, além disso, que a raiz de sua rápida expansão não se deve só ao próprio tubérculo: as folhas também eram – e continuam sendo – muito apreciadas, tanto que na Roma antiga eram um ingrediente comum em muitos pratos.

Mais tarde, e como curiosidade, Napoleão popularizou o uso da beterraba como fonte de açúcar depois que os ingleses restringiram aos franceses o acesso à cana-de-açúcar.

De fato, hoje em dia a beterraba continua sendo matéria prima indispensável pra a produção de açúcar, um dado que convém relembrar para quem é diabético.

Agora, isto quer dizer que devido à dose de açúcar da beterraba, ela poderia ser mais perigosa do que benéfica? De jeito nenhum!

De fato, há um dado que é importante lembrar: nosso cérebro precisa de glicose como energia, assim como todos os nutrientes tão especiais presentes na beterraba.

Explicamos a seguir.

Os nitratos

A beterraba contém altas concentrações de nitratos. Ao chegar em nossa boca, as bactérias os transformam em nitritos.

  • Estes nitritos têm uma faculdade muito especial: abrem os vasos sanguíneos para favorecer a circulação sanguínea e melhorar o teor de oxigênio.
  • Esta interessante propriedade também é apresentada – ainda que em proporção menor – pelo salsão, pela couve e outras verduras de folhas verdes, como o espinafre.
  • Graças aos nitratos presentes na beterraba, temos à nossa disposição um aliado excelente para reduzir os acidentes vasculares cerebrais.

Apesar de haver gente que costuma adicionar beterraba de forma habitual na alimentação, há quem não goste de seu sabor peculiar e intenso.

Seja como for, vale a pena se acostumar com ela e procurar a combinação que seja mais agradável para aproveitar seus benefícios.

Além dos nitratos, a beterraba é rica em vários outros compostos bioativos que nosajudam a combater ou a reduzir o impacto da inflamação crônica.

  • A inflamação é o principal desencadeante de muitas doenças cardíacas, assim como dos infartos cerebrais.
  • Quanto maior inflamação, maior a dificuldade para que o sangue flua, o nível de oxigênio reduz e as toxinas se acumulam.

Além disso, poucos inimigos são tão perigosos para a nossa saúde cerebral quanto a neuroinflamação.

Se nos acostumamos a consumir beterraba duas ou três vezes por semana reduziremos a hipertensão e o desenvolvimento de aterosclerose; ao mesmo tempo, estaremos cuidando ao máximo de nossos processos cognitivos.

Ingredientes

  • 3 beterrabas frescas
  • 2 cenouras
  • 1/4 de repolho roxo
  • 7 tangerinas
  • 2 copos de água (400 ml)

Instruções

  • Em primeiro lugar, lavaremos bem as beterrabas e as cenouras.
  • Depois, as cortaremos em pedaços menores para facilitar o processamento. Também picaremos o repolho.
  • Colocaremos as beterrabas, as cenouras e o repolho bem picadinho no liquidificador.
  • Processaremos até conseguir um suco bem homogêneo e reservaremos.
  • A seguir, obteremos o suco das 6 tangerinas.
  • Combinaremos o suco da tangerina com dois copos de água e o suco à base de cenoura, beterraba e repolho. É delicioso!

Lembre-se de beber ao longo do dia: o primeiro copo em jejum e o segundo na refeição principal.

Se preferir, ao longo da semana você pode se limitar a processar uma beterraba média junto com um copo de água.

Desse modo, continuamos nos beneficiando de suas propriedades de uma forma mais simples e rápida.

Seja como for, não deixe de consumi-la: seu cérebro vai amar!

Fonte: Melhor com Saúde

Envie um comentário :

Outros Posts da A Natureza é Bela: