Vinca planta rústica muito benéfica para a saúde

Thumb Vinca planta rústica muito benéfica para a saúde

Vinca planta rústica muito benéfica para a saúde

Vinca (Catharanthus roseus) planta rústica originada de Madagascar; sendo encontrada em quase todas as regiões brasileiras.

Ela é conhecida por vários nomes tais como vinca-de-gato, vinca-de-madagascar, boa-noite, maria-sem-vergonha e cu-de-pinto.

A planta é muito comum em várias regiões do planeta fazendo parte da medicina popular de vários povos, que fazem a plantação dela em larga escala.

Conheça a Vinca

É uma planta de ciclo perene, que atinge entre 40 cm a 80 cm de altura, pouco exigente em relação ao solo, sendo resistente às estiagens e tolerante às altas temperaturas. Produz folhas ovaladas e flores de diversas cores, que podem ser vermelhas, roxas, brancas, azuis ou amarelas. Propaga-se por mudas ou sementes e possui crescimento rápido.

Propriedades da Vinca

Ela possui variadas propriedades medicinais tais como cicatrizante, anti-cancerígena, hipoglicemiante e diurética. Ela é utilizada na medicina popular, em forma de chá, para controle da pressão arterial, para controle das taxas de diabetes, para cicatrização de feridas e controle de hemorragias. Na Índia, há o costume de utilizar suas folhas maceradas para alívio das picadas de vespas.

As variadas propriedades da Vinca deram a ela destaque na indústria farmacêutica, que a emprega na composição de centenas de medicamentos. Entre as muitas substâncias medicinais da vinca estão a vincristina e a vindesina, usadas na produção de remédios contra a leucemia juvenil e outros tipos de cânceres.

Ela é considerada como alucinógena, devendo ser ingerida com cautela, em forma de chá, para evitar transtornos a quem utiliza da planta.

Onde encontrar a Vinca?

Ela é usada para ornamentação de espaço sendo encontrada em jardins, canteiros e praças. Muito comum nos quintais das casas de roça, mas sempre teve a fama de venenosa. Ultimamente que ela vem sendo conhecida por suas propriedades e benefícios para a saúde.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

Fonte: Coisas da Roça

 

Envie um comentário :

Outros Posts da A Natureza é Bela: